TOMAR – É um dos “suspeitos” da poluição no Nabão. ETAR de...

TOMAR – É um dos “suspeitos” da poluição no Nabão. ETAR de Seiça muda para a alçada da Tejo Ambiente

A poluição no Nabão será, certamente, um dos assuntos em cima da mesa durante 2020. Para o mal… ou para o bem, neste caso para a resolução de um cenário que se arrasta desde há alguns anos e que tem resultado na prática de dezenas de crimes contra o ambiente, neste caso contra o rio. Uma coisa parece certa: sempre que chover com maior intensidade, então o Nabão irá “aparecer” cheio de espuma acastanhada e com um odor que indica descargas poluentes, ainda que a Agência Portuguesa do Ambiente – responsável pela gestão do troço de água – continue a ignorar estes factos. Um dos focos de maiores suspeitas centra-se na Estação de Tratamento de Águas Residuais de Seiça, estrutura que serve Ourém… mas que está localizada na Sabacheira, concelho de Tomar. E uma das grandes novidades com a mudança de ano teve a ver, precisamente, com a passagem da ETAR para a alçada da Tejo Ambiente, recém-criada empresa que tem a missão de gerir água e saneamento. Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar, classificou esta mudança como «uma oportunidade para avançar para uma solução em relação a este equipamento».

SEM COMENTÁRIOS