TOMAR – Coronavírus. Ortopedia foi transferida para o Hospital devido ao Plano...

TOMAR – Coronavírus. Ortopedia foi transferida para o Hospital devido ao Plano de Contingência da pandemia. Há, ainda, mais 31 camas destinadas a pessoas infectadas

Na sequência da evolução da Pandemia, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, entidade de onde fazem parte os hospitais de Tomar, Abrantes e Torres Novas, afectou mais uma enfermaria de 26 camas à respetiva capacidade de internamento para doentes Covid-19, num total actual de 130. Em comunicado enviado para a redacção da Hertz, o CHMT assegura, ainda, que há mais cinco camas de cuidados intensivos, numa globalidade de 16, estruturas destinadas, também, a pacientes infectados com coronavírus. Na sequência desta orientação da Tutela, informa ainda o Centro Hospitalar, «tornou-se inevitável a transferência do Serviço de Ortopedia para a Unidade Hospitalar de Tomar, a exemplo do que aconteceu na primeira fase da Pandemia». Também em consequência do aumento de 11 para 16 da capacidade de camas para a Medicina Intensiva, foi necessário transferir profissionais dos blocos operatórios para o Serviço de Medicina Intensiva, o que levou à suspensão da atividade cirúrgica, com exceção das cirurgias inadiáveis, urgentes e emergentes.