TOMAR – Cadela ajudou a salvar filhotes que foram colocados dentro de...

TOMAR – Cadela ajudou a salvar filhotes que foram colocados dentro de caixote de lixo. Uma mulher responde por maus-tratos a animais

Esta lamentável situação ocorreu nas imediações do Regimento de Infantaria 15, em Tomar: uma mulher colocou seis cachorros num contentor de lixo – dentro de um saco de plástico – abandonando-os a uma morte quase certa. Valeu, na altura, a insistência da cadela, mãe dos pequenos animais, que seguiu a mulher e os filhotes, chamando a atenção de algumas pessoas que ali estavam e que depressa se aperceberam para o que estava a acontecer. Acto contínuo, esses mesmos testemunhos foram resgatar os cachorros, retirando-os do caixote e do saco, que estava fechado. A Polícia de Segurança Pública foi chamada ao local e registou a ocorrência, sendo que os pequenos cães, assim como a respectiva mãe, foram encaminhados para os cuidados da Associação Protectora dos Animais (APAT), neste caso no canil-gatil de Tomar. Daqui a cerca de dois meses estarão disponíveis para uma adopção responsável, referiu à Hertz fonte da APAT, que acrescentou que, nesta altura, são oito os cachorrinhos da mesma ninhada. Está em causa a prática do crime de maus-tratos a animais. “Quem, sem motivo legítimo, infligir dor, sofrimento ou quaisquer outros maus-tratos físicos a um animal de companhia é punido com pena de prisão até um ano ou com pena de multa até 120 dias. Se dos factos previstos resultar a morte do animal, a privação de importante órgão ou membro ou a afectação grave e permanente da sua capacidade de locomoção, o agente é punido com pena de prisão até dois anos ou com pena de multa até 240 dias”, refere a Lei 110/15). Foto APAT/Facebook