SERTÃ – Mercado Municipal muda de localização devido a obras

SERTÃ – Mercado Municipal muda de localização devido a obras

As obras de requalificação do edifício do Mercado Municipal da Sertã vão arrancar em meados de fevereiro e, nesse sentido, a estrutura em causa mudará de local, passando a realizar-se já a partir de 7 de fevereiro (inclusive), em instalações provisórias localizadas no parque de feiras no cimo da Vila da Sertã, conforme publicado em edital. A autarquia apela à compreensão de lojistas, vendedores e utilizadores do mercado municipal para os constrangimentos decorrentes da alteração do local do mercado, dada a importância e benefícios futuros decorrentes das obras a efectuar naquele edifício. A intervenção no Edifício do Mercado Municipal terá uma duração de dez meses e contempla a substituição da cobertura atual, renovação e criação de instalações sanitárias com condições de acessibilidade a cidadãos de mobilidade reduzida, execução de novos revestimentos no interior (paredes e pavimentos) e criação de novos postos de venda mais funcionais e com boas condições de higiene. As lojas situadas no mercado, para além de terem entrada pelo interior do edifício, passarão a ter entrada também pelo exterior do edifício, permitindo que o mercado possa funcionar mais do que um dia por semana. Serão construídas rampas de inclinação em substituição de escadas, elevador para acesso entre pisos e remodelação da rede eléctrica (com aplicação de luminárias em LED) e das redes de águas, saneamento e águas pluviais. Esta obra pretende conferir polivalência funcional ao edifício, através da requalificação das suas funções tradicionais e da instalação de espaços multifuncionais capacitados para albergar outro tipo de eventos, permitindo a sua transformação num conjunto arquitectónico mais amplo, aberto e iluminado, possibilitando uma utilização quotidiana. A Requalificação do Edifício do Mercado Municipal da Sertã possui um custo total de cerca de 689 mil euros (com IVA), sendo comparticipada a 85% pelo FEDER, ficando os restantes 15% a encargo do Município da Sertã.

SEM COMENTÁRIOS