SARDOAL – “Caminhos da Pedra” com espetáculos no Centro Cultural Gil Vicente

SARDOAL – “Caminhos da Pedra” com espetáculos no Centro Cultural Gil Vicente

O terceiro momento do projeto Caminhos do Médio Tejo 2019 – “Caminhos da Pedra” – passa pelo Sardoal nos dias 13, 18 e 20 de outubro, com espetáculos de música no Centro Cultural Gil Vicente. “Segue-me à Capela” é o nome do projeto que apresenta no dia 13 de outubro, pelas 16 horas, um espetáculo que conta com a participação do Grupo Coral do GETAS e do Coro Infantojuvenil da Filarmónica União Sardoalense, resultado de uma Oficina de Cantares, promovida também no âmbito do “Caminhos da Pedra”. O grupo “Segue-me à Capela” é composto por sete intérpretes que trabalham a música tradicional portuguesa numa perspetiva contemporânea, usando a voz como principal instrumento. No dia 18 de outubro, a pianista Patrícia Lopes sobe ao palco do Centro Cultural Gil Vicente, pelas 21h30m. A compositora brasileira, que apresenta no Sardoal um concerto intimista, atuou em Portugal pela primeira vez em 2017 com “O Feminino em Pessoa”, projeto inspirado na obra do poeta Fernando Pessoa. O músico e escritor Miguel Gizzas traz ao Centro Cultural Gil Vicente, em 20 de outubro, pelas 16 horas, um projeto diferenciador que junta música ao vivo e cinema de animação. O seu segundo romance “O dia em que o mar voltou” é transposto para o palco através de um cine-concerto onde Miguel Gizzas se fará acompanhar por quatro músicos. O projeto “Caminhos da Pedra” é uma ação de programação cultural em rede promovida pela Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) em parceria com os Municípios aderentes. Criado em 2017, este projeto pretende proporcionar encontros em redor da cultura, colocando os recursos e espaços naturais ao serviço das comunidades. Os espetáculos têm entrada livre.