MÉDIO TEJO – Coronavírus. Vila de Rei continua como o concelho com...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Vila de Rei continua como o concelho com mais infecções por 100 mil habitantes

O Médio Tejo já não tem qualquer concelho integrado no patamar correspondente ao índice de risco ‘extremamente elevado’ tendo em consideração a propagação da pandemia. Ainda assim, há registo para a presença de quatro territórios em ‘muito elevado’, o que se explica pelo número de casos detectados no período compreendido entre 3 a 16 de Fevereiro, precisamente no intervalo de 480 a 960 infecções por 100 mil habitantes. Vila de Rei volta a ser o concelho mais afectado, com 692 casos, seguindo-se Alcanena com 601, Tomar com 484 e Sertã com 480. No patamar ‘elevado’, registo para Ourém, com 307 casos por 100 mil habitantes, assim como para Ferreira do Zêzere, com 289, Abrantes, com 262 e Constância, com 248, Em risco ‘moderado’ estão o Entroncamento (195 casos), Torres Novas (180), Mação (176), Vila Nova da Barquinha (174) e Sardoal (107).