MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há 13 novas infecções na região. Sardoal e...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há 13 novas infecções na região. Sardoal e Abrantes já não tinha casos há 32 e 21 dias, respectivamente

O Médio Tejo voltou a registar um número significativo de infecções covid19, neste caso 13, sendo que pior só mesmo a 19 de Maio. Dos referidos contágios, oito foram detectados em Alcanena, enquanto dois dizem respeito a Abrantes – que não tinha casos há 21 dias – e um em Ourém, Tomar e Sardoal, sendo que o território sardoalense já não era citado pela Unidade de Saúde Pública há 32 dias. Há, nesta altura, 86 infecções activas num quadro total de 12988. Importa recordar que 12524 pessoas já foram dadas como recuperadas. Há a lamentar 378 mortes associadas a esta doença.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém continua como o concelho com maior número de infecções activas, num total de 25, seguindo-se Alcanena com 23 e Torres Novas com 14.

Eis os dados actualizados desde o início da pandemia: Ourém (3053 infecções, 2945 recuperações e 83 óbitos. 25 infecções activas), Tomar (2511 casos, com 2448 recuperados e 56 óbitos. Sete infecções activas), Torres Novas (2012 casos, 1938 recuperações e 60 mortes. 14 infecções activas), Abrantes (1573 infectados, 1502 estão curados e 69 mortes. Duas infecções activas), Entroncamento (1125 infecções, 1091 recuperados e 22 mortes. 12 infecções activas), Alcanena (1046 casos, 984 recuperações e 39 vítimas mortais. 23 infecções activas), Ferreira do Zêzere (613 casos, 596 dos quais já recuperados e 17 vítimas mortais. Não tem infecções activas), Mação (433 infecções, 418 recuperados e 15 óbitos. Não tem infecções activas), Vila Nova da Barquinha (272 casos, 261 dos quais dados como curados e nove mortes. Duas infecções activas), Sardoal (com 185 casos e 179 recuperados e cinco óbitos. Uma infecção activa) e Constância (165 infecções, 162 das quais já recuperadas e três mortes. Não tem infecções activas).