MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detetadas 53 infeções nas últimas 48 horas....

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detetadas 53 infeções nas últimas 48 horas. Há 613 casos ativos na região

53 infeções nas últimas 48 horas. Foi este o cenário do Médio Tejo em torno da pandemia em curso, uma tendência preocupante e que colocar mesmo alguns concelhos em risco ‘muito elevado’ e ainda em ‘elevado’ no âmbito da propagação. Para já, de um total de 13993 casos, 613 estão em curso. O número de altas continua nas 13096, assim como os óbitos associados à pandemia, num trágico registo de 384 mortes.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Torres Novas continua como o concelho com maior número de casos ativos, num total de 107, seguindo-se Ourém, com 86, e Tomar, com 84.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (3240 infeções, 3070 recuperações e 84 óbitos. 86 infeções ativas), Tomar (2663 casos, com 2523 recuperados e 56 óbitos. 84 infeções ativas), Torres Novas (2173 casos, 2005 recuperações e 61 mortes. 107 infeções ativas), Abrantes (1726 infetados, 1603 estão curados e 69 mortes. 57 infeções ativas), Entroncamento (1227 infeções, 1135 recuperados e 23 mortes. 69 infeções ativas), Alcanena (1118 casos, 1037 recuperações e 40 vítimas mortais. 41 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (630 casos, 601 dos quais já recuperados e 17 vítimas mortais. 11 infeções ativas), Mação (465 infeções, 434 recuperados e 16 óbitos. 15 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (294 casos, 279 dos quais dados como curados e nove mortes. Seis infeções ativas), Constância (248 infeções, 219 das quais já recuperadas e quatro mortes. 25 infeções ativas) e Sardoal (com 209 casos e 200 recuperados e cinco óbitos. Quatro infeções ativas).