MÉDIO TEJO – Centro Hospitalar reforça orçamento em mais de dez milhões...

MÉDIO TEJO – Centro Hospitalar reforça orçamento em mais de dez milhões de euros

O Centro Hospitalar do Médio Tejo, que congrega os Hospitais de Tomar, Abrantes e Torres Novas, obteve um reforço de verba em mais de dez milhões de euros, neste caso para aplicação exclusiva em pagamentos de divida já vencida. O valor foi atribuído em duas tranches, sendo a primeira a rondar os seis milhões e seiscentos mil euros, cujo montante foi utilizado exclusivamente para o pagamento a fornecedores, por ordem de maturidade da dívida. O CHMT conseguiu liquidar divida vencida com antiguidade até Março de 2019. A segunda tranche, no montante de três milhões e quatrocentos mil euros, aguarda autorização e orientações complementares do Secretário de Estado do Tesouro. Com a aplicação deste reforço no pagamento da dívida vencida, prevê-se que o Centro Hospitalar encerre o exercício de 2019 com o prazo médio de pagamento a entidades externas ao SNS inferior ao ano transato. Carlos Andrade Costa, presidente do Concelho de Administração, frisa que “este reforço orçamental permite manter o valor da dívida do CHMT em patamares absolutamente geríveis”. Reforçando a ideia que “o ritmo do crescimento de custos, por força do enorme aumento da atividade assistencial, tem estado sistematicamente sob controlo. O que permite não fragilizar a situação económica – financeira que foi conseguida nos últimos anos e que tem permitido o investimento contÍnuo na modernização do CHMT”.

SEM COMENTÁRIOS