FERREIRA DO ZÊZERE – Biblioteca recebe exposição dedicada a Matilde Rosa Araújo

FERREIRA DO ZÊZERE – Biblioteca recebe exposição dedicada a Matilde Rosa Araújo

Está patente na sala de leitura da Biblioteca Municipal Dr. António Baião, de Ferreira do Zêzere, uma exposição bibliográfica da obra de Matilde Rosa Araújo, que este ano iria comemorar 100 anos. Matilde Rosa Lopes de Araújo, nasceu em Lisboa em 1921. Licenciou-se em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa em 1945 e frequentou o Curso Superior do Conservatório de Lisboa. Foi professora do Ensino Técnico-Profissional, encarregando-se também da formação de professores, na Escola do Magistério Primário de Lisboa no âmbito da literatura para a infância. O conjunto dos seus livros (de poesia e narrativa) constitui um dos mais significativos trabalhos de sempre da literatura portuguesa para e sobre a infância e a juventude.
Dos cerca de 30 livros publicados, merecem destaque: O Livro da Tila (1957), O Palhaço Verde (1962), História de um Rapaz (1963), O Reino das Sete Pontas (1974), A Velha do Bosque (1983) e, de 1994, As Fadas Verdes e O Chão e a Estrela.
Matilde Rosa Araújo recebeu vários prémios de relevo no domínio da literatura para a infância. Em 1980, foi-lhe atribuído o Grande Prémio de Literatura para a Infância da Fundação Calouste Gulbenkian (ex aequo). Em 1991 ganhou, no Brasil, um prémio para o melhor livro estrangeiro, atribuído a O Palhaço Verde pela Associação Paulista de Críticos de Arte. O seu livro de poemas As Fadas Verdes recebeu, em 1996, a distinção da Fundação Calouste Gulbenkian para o melhor livro para a infância publicado no biénio 1994-1995.
A autora publicou também textos de ficção para adultos e obras que demonstram as suas qualidades de pedagoga. São de sua autoria alguns volumes sobre a importância da infância na criação literária para adultos e sobre a importância da literatura infantojuvenil na formação da criança, na educação do sentimento poético como raiz pedagógica de valia. Em maio de 2004 foi distinguida com o Prémio Carreira da Sociedade Portuguesa de Autores. Faleceu a 6 de julho de 2010, aos 89 anos, na sua casa, em Lisboa. (In: wook)