CONSTÂNCIA – Projeto Cidadania Informada e Ativa arranca neste mês

CONSTÂNCIA – Projeto Cidadania Informada e Ativa arranca neste mês

O projeto Cidadania Informada e Ativa (CIA), visa colocar a região do Médio Tejo como uma das mais avançadas na capacitação dos seus cidadãos, para enfrentar os desafios da atual sociedade, nomeadamente no que respeita à exclusão que muitos sentem face à modernização tecnológica. Assim, este projeto assenta na promoção da leitura e das literacias, incluindo a digital, em função das características populacionais do território do Médio Tejo. Esta iniciativa, aprovada pela DGLAB, consiste em qualificar adultos com mais de 18 anos, com as competências mínimas em literacia digital e de leitura. Nesse âmbito, Constância vai realizar três formações. A primeira arranca em maio, de 23 a 27, das 15H30 às 17H30, nas instalações da Biblioteca Municipal Alexandre O´Neill, as outras duas em 2023, uma em cada freguesia, com um número máximo de 10 formandos. A formação é dada por um formador profissional, especialista nesta área e todos que completarem o modulo de 10 horas, terão direito a um diploma. Esta iniciativa é gratuita. O projeto pretende abranger adultos que já não estejam enquadrados no regime escolar oficial e que sintam dificuldades em responder aos desafios colocados pelas novas tecnologias, quer por falta de competências no domínio da leitura, quer no domínio do digital. Neste contexto, o CIA apresenta-se como um programa que enquadra um conjunto de ações de capacitação como estratégia para apoiar a população menos familiarizada nos domínios atrás referidos, visando melhorar as suas capacitações nas áreas das literacias da leitura e digitais. Após os dois anos de vigência do projeto, pretende-se que o mesmo tenha continuidade de modo a intensificar a promoção de uma cidadania mais ativa, mais informada e, por isso, mais interventiva na vida social. No contexto da CIM do Médio Tejo, o desenvolvimento deste projeto compete à Rede Intermunicipal de Bibliotecas Públicas e aos municípios de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sertã, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila de Rei, com o apoio de Juntas de Freguesia, Centros Qualifica e Universidades Sénior.