ABRANTES – Programa de Hospitalização Domiciliária foi apresentado na Câmara Municipal

ABRANTES – Programa de Hospitalização Domiciliária foi apresentado na Câmara Municipal

O salão nobre dos Paços do Concelho de Abrantes foi o local escolhido pelo Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) para a divulgação do Programa de Hospitalização Domiciliária da unidade Abrantes junto de várias entidades do setor social do concelho de Abrantes com a resposta de ERPI- Estrutura Residencial Para Idosos. Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, explicou que este modelo de prestação de cuidados ao doente na sua casa é uma alternativa ao internamento hospitalar convencional que está a funcionar há cerca de 1 ano. Como apresenta bons índices de satisfação por parte dos doentes e cuidadores, ao nível da qualidade e da segurança, o CHMT entende estarem reunidas as condições para alargar este modelo a utentes de instituições do setor social. A diretora do serviço de Medicina Interna, Fátima Pimenta, clarificou os benefícios associados a estes cuidados de saúde “mais humanizados” e explicou como é feita a seleção dos doentes. O regime de acompanhamento do doente no domicílio é feita em regime de visitas diárias, todos os dias do ano, sendo que em caso de necessidade os profissionais de saúde podem deslocar-se ao local mais do uma vez no mesmo dia. Presente nesta apresentação esteve também o diretor da Segurança Social de Santarém, Renato Bento. Celeste Simão, vereadora da ação social, evidenciou o benefício deste programa na linha da proximidade às pessoas e disponibilizou os meios da Rede Social para colaborar na articulação com as diversas entidades. www.cm-abrantes.pt